MARISE URBANO

DOCENTE E TÉCNICA DE SOM

No audiovisual vem se descobrindo, deixando suas entranhas a mostra e revivendo seus desejos, essa é Marise Urbano. Formada pelo Bacharelado Interdisciplinar em Artes com concentração em Cinema e Audiovisual pela UFBa, atualmente estudante do mestrado no Programa Cultura e Sociedade pelo PósCult/UFBa. Em cinema e audiovisual dedica-se ao estudo sobre mulher e cinema, escreve roteiros, faz captação de som, produz filmes e ministra oficinas. O som é o que tem se dedicado a se aperfeiçoar para o set, para isso, participou de oficinas com Napoleão Cunha, Pauly de Castro, Marcelo Benedicts e Glauco Neves. Sua atuação enquanto profissional foram enquanto assistente de som do II Curta Colaborativo com o filme “Ambíguo” (Sophia Mídian, 2015); captação do som do projeto “As marisqueiras do Mocambo” (Malaika KB, 2015), do documentário “O presente da Mãe D água” (idem, 2015) e “Por onde elas andam” (Yasmin Müller, 2016); contribuiu para os documentários “Acupe: Terra quente” (Severino, 2015) e “Mulher-olho-de-peixe”(Graciela Natanshon, 2015), editou o som do curta “Boa noite” (Marise Urbano, 2015), dentre outros. Ministra oficinas pelo CACINBA no interior da Bahia.  A percepção para o som se desenvolve mediante estudos, prática em set de filmagens e no dia-a-dia.  Integrante como docente e técnica de som na equipe do CLIC – Curso Livre de Cinema, projeto de extensão realizado pelo Coletivo Doccional da Faculdade de Comunicação da UFBA.

[social_warfare buttons=”Total”]

COLETIVO DOCCIONAL

O Coletivo Doccional dedica-se à pesquisa, a criação e a realização da arte cinematográfica. Idealizado em Salvador por estudantes de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal da Bahia com o intuito de expandir e potencializar a produção e difusão da sétima arte diante de estéticas e perspectivas pós-industriais…